AOS BENEFICIÁRIOS DO IASFA

COMUNICADO AOS BENEFICIÁRIOS DO IASFA

11 de abril de 2019

Aos beneficiários do IASFA

Face à posição expressa publicamente pelo senhor Ministro da Defesa Nacional, manifestando vontade de «resolução desta situação» através do «estabelecimento de um plano para a regularização de dívidas», assim como o compromisso assumido hoje pela direção do IASFA em articulação com a tutela, de apresentação deste plano em meados de próximo mês de maio, não pode a Luz Saúde deixar de agir no melhor interesse dos beneficiários do IASFA mantendo a vigência regular da convenção com este subsistema.

Assim, o Grupo Luz Saúde informa os beneficiários do IASFA que podem continuar a recorrer à rede de hospitais e clínicas Hospital da Luz ao abrigo do Regime Convencionado e proceder a marcações sem qualquer constrangimento, incluindo para datas posteriores a 15 de abril de 2019.

Mais se informa que todas as marcações entretanto efetuadas ao abrigo do Plano Especial para data posterior a 15 de abril serão realizadas ao abrigo do Regime Convencionado.

Recordamos que a decisão que a Luz Saúde comunicou à direção do IASFA e tornou pública a 19 de fevereiro último, de deixar de prestar os serviços ao abrigo das convenções celebradas com aquele subsistema a partir de 15 de abril, deveu-se ao atraso muito significativo dos pagamentos e ao montante da dívida acumulada por parte do IASFA.

Por outro lado, o IASFA, por imposição legal, rege as suas convenções pelo regime em vigor na ADSE, o qual, como já sabem, a Luz Saúde não aceita, mas tem a expectativa de vir a ser reformulado no âmbito das negociações atualmente em curso.

Na expectativa de em breve obter um acordo que regularize a situação, a Luz Saúde reafirma o compromisso com os beneficiários do IASFA de garantir cuidados de saúde de excelência e em segurança a todos os que nos procuram e confiam a sua saúde.

Os beneficiários do IASFA podem sempre contar com os Hospitais e Clínicas da Rede Hospital da Luz.

A Comissão Executiva da Luz Saúde
Download comunicado aos beneficiários do IASFA